Dentro ou fora da caverna?

E o que significa estar dentro ou fora da caverna? 

Publicado em Uncategorized | 37 Comentários

REFLETINDO SOBRE A VIAGEM

Vamos conversar sobre os principais aprendizados durante a viagem. Escreva comentários mostrando o que que você aprendeu durante os estudo do meio no Quilombo de Ivaporundura e no PETAR.

Publicado em Uncategorized | 26 Comentários

LANÇAMENTO

E ENTÃO, O QUE ACHARAM DO LANÇAMENTO DO PROJETO RESISTÊNCIAS? MANIFESTEM SUAS OPINIÕES.

Publicado em Uncategorized | 35 Comentários

CONHECENDO O VALE DO RIBEIRA

O Vale do Ribeira está localizado no sul do estado de São Paulo e norte do estado do Paraná, abrangendo a Bacia Hidrográfica do Rio Ribeira de Iguape e o Complexo Estuarino Lagunar de Iguape-Cananéia-Paranaguá. Sua área de 2.830.666 hectares abriga uma população de 481.224 habitantes, de acordo com o Censo do IBGE de 2000 e inclui integralmente a área de 31 municípios (9 paranaenses e 22 paulistas). Existem ainda outros 21 municípios no Paraná e 18 em São Paulo que estão parcialmente inseridos na bacia do Ribeira.

A região destaca-se pelo alto grau de preservação de suas matas e por grande diversidade ecológica. Seus mais de 2,1 milhões de hectares de florestas equivalem a aproximadamente 21% dos remanescentes de Mata Atlântica existentes no Brasil, transformando-a na maior área contínua desse importante ecossistema em todo o País. Nesse conjunto de áreas preservadas são encontradas não apenas florestas, mas importantes remanescentes de restingas – são 150 mil hectares – e de manguezais – 17 mil hectares.

Em contraste a este valioso patrimônio ambiental, o Vale do Ribeira é historicamente uma das regiões mais pobres dos estados de São Paulo e Paraná. Seus municípios possuem índices de desenvolvimento humano inferiores às respectivas médias estaduais, assim como os graus de escolaridade, emprego e renda de suas populações, entre outros indicadores, são tradicionalmente menores do que os de outras populações paulistas e paranaenses. A busca por empregos e oportunidades – na área de educação, por exemplo, praticamente não existem opções de curso superior – estimula a migração de parte da população economicamente ativa e jovem para outras regiões.

Os principais ciclos econômicos que se instalaram no Vale do Ribeira ao longo da história foram a exploração aurífera, a partir do século 17, e de outros minérios até décadas recentes, e as culturas do arroz, do café, do chá e da banana. Estes ciclos transformaram o Vale do Ribeira em fornecedor de recursos naturais de baixo custo, explorados sem qualquer respeito ao patrimônio ambiental e cultural e sem geração de benefícios para a população residente.

texto retirado do site: http://www.quilombosdoribeira.org.br/content/1

AGORA FAÇA SEUS COMENTÁRIOS

Publicado em Uncategorized | 21 Comentários

Usina de Belo Monte – Entenda o debate sobre o projeto de construção da Usina de Belo Monte na Região Norte

Publicado em Uncategorized | 25 Comentários


Para compreender a formação de uma caverna…..

Link | Publicado em por | 32 Comentários

VÍDEOS SOBRE QUILOMBOLAS

VEJA O VÍDEO SOBRE OS QUILOMBOLAS DO VALE DO RIBEIRA E FAÇA OS COMENTÁRIOS SOBRE OS ASSUNTOS MAIS IMPORTANTES DA REPORTAGEM.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=u47nfftm4W4

Publicado em Uncategorized | 19 Comentários